sábado, 31 de agosto de 2013

terça-feira, 27 de agosto de 2013


Gata amiga querendo novas experiências.

(Casal Novinho)

autorizado a colocar



Essa indiazinha deliciosa vai comprar um computador
e está muito interessada em novas experiências.
O marido dela está também ansioso para vê-la em ação.
Todos nós torcemos por isso.
A começar por mim o marido da gatacasadaquerver.




segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Fantasia de um Voyeur com a gatacasadaquerver.

Certo dia estava no ônibus, chegando do serviço, quando observei uma mulher com uma bunda deliciosa em pé. Ela ia saltar no mesmo ponto que eu. Acostumado, como todos os homens, a observar a bunda das mulheres, fiquei surpreso porque aquela em especial me chamou a atenção. Meu pau endureceu na hora e senti que a cabecinha estava arregaçando dentro da cueca, o que era sinal de tesão a primeira vista.
Ela desceu no ponto e eu desci atras. Vi­ então que se tratava de uma vizinha, moradora no meu prédio. Nunca tinha conversado com ela. Tinha visto numa reunião de condomínio, e só. Cheguei em casa pensando nela, e fui direto para o banheiro bater uma punheta imaginando o cheiro daquela linda bunda. Esporrei fartamente. A partir desse dia fiquei imaginando como é que poderia conversar com ela. Precisava achar um pretexto qualquer. Ela me parecia extremamente séria, e eu teria que bolar um jeito de mostrar para ela que sentia tesão e a desejava nas minhas punhetas.
Um domingo comprei o jornal e fui ler na piscina do prédio. La estava ela tomando sol, com um biquíni tesudíssimo. Seria a oportunidade? Puxei papo, e ficamos conversando amenidades. Meu caralho duro, e eu não sabia como mostrar. Poderia pensar que eu era um tarado, e aí... Num determinado momento, ela me falou que pretendia reformar o banheiro de seu apartamento. Falei para ela que o meu estava reformado, e que se ela quisesse, poderia mostrar para ela.
Subimos para o meu apartamento. Meu caralho duro, cabeça arregaçada. Mostrei o banheiro, a cozinha e fomos ver a vista da janela do quarto. Em determinado momento fiquei bem pertinho dela, vendo a paisagem da janela. O seu cheiro era muito excitante. De bermuda e sem cueca, arrisquei encostar o caralho em sua perna, e ela pareceu aceitar a encostada. Cheirei mais o pescocinho dela, e peguei no seu quadril. Ela encostou em mim e suspirou. A partir dai declarei meu tesão, falei que batia punheta para ela, que esporrava muito sem ela sequer imaginar, e que tinha enorme desejo pela sua bunda. Sentamos no sofá, e puxei o sutiã do biquíni. Surpresa! Um par de bicos rosados sai ante meus olhos! Tetas maravilhosas, capazes de fazer qualquer homem querer mamar nelas! Meu pau ja estava de fora. Ela pegou, acariciou, punhetou com habilidade e acabei esporrando ali mesmo, no nosso primeiro encontro, esguichando o leite masculino do amor. Lambi sua bunda, mamei nas suas tetas, cheirei seu delicioso corpo sem acreditar que aquilo estava acontecendo. Eu não acreditava no que estava acontecendo, eu pelado, de pau duro, me exibindo gostosamente e esporrando na frente da mulher que me inspirou tantas e tantas punhetas...
Depois desse encontro ficamos juntos algumas vezes, sempre acabando tudo em esporra e gozada. Comprei uma tanguinha de presente para ela, daquelas que a gente fica doido para tirar e cheirar o fundinho. Ela usou e me devolveu para eu usar nas minhas punhetas, com o fundinho manchadinho de xixi e meladinho de xoxota.
Vou revelar como foi nossa sessão exclusiva de chupada na xoxota. Ela estava depilada e me disse se eu não gostaria de chupar sua "xaninha". Disse que adoraria. Lábios rosadinhos, grelinho lindo, buraquinho bem arregaçado, toda meladinha. Ela tirou a tanguinha e pude ver, cheirar e lamber sua xaninha deliciosa. Comecei chupar sua deliciosa bucetinha e me lambuzar de líquidos vaginais até ela começar a gozar na minha boca e a se contorcer e gemer loucamente. Ela gemia alto, gritava e eu estava imaginando meus vizinhos se masturbando secretamente ouvindo nossa escandalosa chupada. Seus líquidos vaginais me lambuzavam e excitavam cada vez mais.
Depois de muitas cenas de sexo oral, veio nossa primeira metida. Na primeira enfiei meu caralho até a metade de sua bucetinha. Ela gemia feito louca. Pensei que ela estava tendo um troço, mas era tesão mesmo, trocamos a posição, coloquei ela por cima de mim, e qual foi minha surpresa, quando entrou o marido dela. Ela havia deixado a porta aberta. Como ela estava naquela posição (por cima de mim), o marido, no maior tesão, veio e encaixou o pau no seu cuzinho, era sua primeira dp. A danada (me confessou depois), havia deixado a porta aberta de propósito, para que o marido participasse de nossas “festinhas”. A partir dessa data rolou de tudo, inclusive dp vaginal, essa foi demais, ela ficou com a buceta toda arregaçada (do jeito que eu gosto de ver).
Outra ocasião ela nos chupou no banho ate que os dois (marido e eu) esporrarassem. Engoliu toda nossa esporra. Foi DE-LI-CI-O-SO.
Para finalizar, estou de pau duro de tantas lembranças gostosas, e estou indo para o banheiro bater AQUELA PUNHETA para minha deliciosa vizinha!

domingo, 25 de agosto de 2013

Não sei porquê, mas todos me pedem
para comê-la, a gatacasadaquerver.







A gatacasadaquerver estava dormindo e acordei para tirar foto de bunda pra cima.


sábado, 24 de agosto de 2013

Mais uma noite de gozadas a gatacasadaquerver deixando machos apaixonados.




Foto tirada pelo macho no skype e enviada para postar no blog.

Foto tirada pelo macho no skype e enviada para postar no blog.

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

A primeira traição da mulher de um amigo.
Depois dessa fiz uma justa homenagem a ela. 

Eu, o marido da gatacasadaquerver.

Eu tinha tirado uma foto dela pelada de 4. Aí mostrei pro meu irmão. Ele ficou doido de tesão.
Aí um dia voltávamos do serviço, trabalhávamos juntos. Chamei-o pra passar em casa para assistir um filme pornô. Ele topou. Ficamos assistindo.
Minha esposa estava no quarto dormindo. Ficamos de pau duro. o filme estava muito excitante!

Minha esposa achava que eu estava sozinho.
Desligamos o filme e apagamos as luzes e entrei no quarto devagar pra não acordar minha esposa.
Meu irmão veio logo atrás como havíamos combinado.
Deitei atrás dela e comecei a acariciá-la.
Meu irmão estava do lado da cama atrás de mim.
Ela começou a rebolar a bunda no meu cacete. Tirei a calcinha dela e soquei a rola.
Ela ficou com mais tesão ainda. Ai eu peguei a mão do meu irmão e coloquei na bunda dela.
Ele passava a mão na bundona dela, ela achando que era eu.
Aí eu tirei a mão dele e coloquei a minha. Nisso eu tirei o pau e puxei meu irmão no meu lugar que estava tarado de tesão.
Ele encaixou o pau na buceta dela. Ela continuou a rebolar.
Aí ela percebeu que não era eu que estava atrás dela pois eu fui a sua frente e comecei a chupar seus peitos.
Ela disse: Que que vc tá fazendo?
Tá louco?
Mas como estava muito excitada continuou a transa.
Aí eu tasquei um beijo nela. Ela meteu a língua na minha boca e continuou a rebolar no pau do meu irmão. Meu irmão não aguentando mais de tesão, encheu sua buceta de porra.
Acendi a luz. ela estava toda com a buceta melada de esperma do meu irmão. Ela pediu que eu deitasse na cama. Deitei. Ela veio por cima de mim e sentou gostoso no meu cacete que estava como uma pedra de duro.
Ela encostou a boca no meu ouvido e disse: _Safadão! tá me dando pra outro é?
Perguntei a ela: Tá gostando?
 Tá uma delícia!!
Nisso meu irmão que já tinha gozado. Veio e acariciou-a por trás. Pegando em seus peitos e bunda.
Ela ficou louca de tesão e gozou gostoso, eu também não resistindo tanto tesão.
Enchi sua vagina lambuzada de porra. Nunca tinha visto tanta porra junto.
Depois tomamos banho juntos, eu e meu irmão acariciando-a.

Esposas Putas e Cornos Mansos : Safada quer contatos

Esposas Putas e Cornos Mansos : Safada quer contatos

Esposas Putas e Cornos Mansos : Gata casada quer contatos

Esposas Putas e Cornos Mansos : Gata casada quer contatos

terça-feira, 20 de agosto de 2013

A esposa de um amigo querendo
participar também da brincadeira.








sábado, 17 de agosto de 2013

Nua pela primeira vez na net
(nada melhor para essas fotos do que colocar um texto de um amigo sobre sua fantasia com minha mulher)

Vocês estariam em casa sozinhos à noite, no inicio da madrugada eu e mais um comparsa invadiríamos sua casa silenciosamente.
Entramos pela porta da sala e enquanto vasculhávamos a casa ouvimos gemidos vindos do quarto.
Fomos lentamente até ele... a porta está encostada, uma luz leve ilumina apenas o corpo dela que se encontra sentada sobre o seu arrancando gemidos e urros.
Invadimos lentamente seu quarto e logo você percebe a invasão...
Joga ela de lado pra proteger e se levanta no ímpeto pra tomar conta da situação quando leva um soco na cara e cai de lado.
Ela grita desesperada. O meu cacete fica duro de imediato com a situação...
Pegamos uma cadeira e nós 2 amarramos você a ela ainda nu.
Colocamos uma fita na boca pra não gritar...
E a jogamos na cama que se debate na inútil intenção de impedir o que iria acontecer e logo ela recebe um tapa na cara com a ordem de ficar quietinha.
Forçamos as pernas dela para abrir e ver como o corno deixou sua buceta...
Ela chora sem parar sabendo do que vai acontecer...
Meu comparsa afoito vai primeiro e deita sobre ela e mete de uma só vez fazendo a cachorra gritar...
Ele fode com vontade, a chama de puta e vadia, manda o corno olhar pra ele e ver como deve se tratar uma puta enquanto o corpo dele se choca com vontade contra o dela.
Ela continua a gritar e gemer de dor desesperada...
Pra calar sua boca coloco meu cacete nela e mando a puta chupar...
Ela continua a chorar sem nada fazer, logo recebe outro tapa na cara e mais uma ordem pra chupar meu cacete.
Começa tímida, chupando apenas a cabeça, recebe outro tapa e chamando de puta e vagabunda mando ela chupar direito.
Ela começa a fazer direito, engolindo e lambendo a cabeça do meu pau...
Seguro pelos cabelos e forço meu cacete até a garganta dela, ela engasga, tiro e vejo como ela deixou ele babado enquanto o comparsa continua a fuder ela com força.
Mando ele parar e colocar a puta de 4, ela muda de posição ainda com lágrimas no rosto
mas agora mais calma.
Ele ajeita o pau na buceta dela e volta a meter.
Sento na cama e coloco a puta pra me chupar de novo...
Ela agora já se comporta como uma vadia no cio, chupando o cacete com vontade, subindo e descendo, engolindo ele todo, babando até o meu saco.
Faço o amigo parar e pegar vc e colocar de joelhos junto a cama no chão pra ver de pertinho a puta da sua mulher levando rola.
Faço o colega sentar na cama e mando ela chupar ele até ele gozar... e engolir tudo o leite.
Olho seu cacete e vejo ele duro e falo pra sua puta que o corno esta adorando ver a putinha dele levando rola de dois machos.
Ela agora está de 4. Abro o rabo dela e chupo o cuzinho, a safada já esta tomada pelo tesão
e geme, rebola na minha língua enquanto chupa o cacete do colega.
Cuspo no cu dela e meto um dedo, logo coloco outro e ouço um gemido dela. Coloco mais outro e sinto ele apertar... dou um tapa no rabo dela e mando ela relaxar.
Subo na cama e direciono o cacete no cu dela, cuspo nele e começo a meter.
Ela geme e eu sinto a cabeça abrir o caminho.
Ela para e olha pra mim e leva outro tapa na cara.
Eu mando ela voltar a chupar o cacete, meu amigo segura ela pelos cabelos e faz ela engolir o pau dele.
Apoiado no quadril dela meto o cacete de uma só vez, ela da um grito e sinto o cu apertar meu pau querendo partir ele ao meio.
Começo a meter e tirar devagar, ela vai gemendo e em pouco tempo está rebolando no meu pau.
Olho pra você e falo pra ver como é puta sua mulher, está fudendo com dois e se deliciando.
Mete com vontade no cu dela... fazendo ela gemer cada vez mais alto.
Quando sinto o corpo dela começar a amolecer paro e mando ela sentar no cacete do amigo.
Ela encaixa a buceta toda melada no pau dele que desliza sem dificuldades.
Deito ela e meto de novo no cu dela.
Ela agora grita, se debate, pede pra parar, mas é tarde, vou mostrar ao corno o quanto puta e vadia é a esposa dele.
Começamos a meter nela que grita o tempo todo mandando parar dizendo que vamos rasgar ela no meio...
E continuamos a meter até a vadia começar a se acostumar e gemer de prazer sentindo seu corpo ser tomando por um gozo sem tamanho e fazendo amolecer de imediato.
Falo algo pro meu colega e paramos de meter nela...
Deitamos ela na cama e paramos em sua frente que ainda se encontra de joelhos no chão.
Batemos uma até gozar te chamando de corno manso, chifrudo, vagabundo, fazendo o leite espalhar pelo quarto...
Depois pegamos a putinha, amarramos ela e saímos com tudo de valor que vocês tinham, inclusive o prazer dela.



sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Esposa de um amigo de Fortaleza
que também adora se exibir.


quinta-feira, 15 de agosto de 2013

DEPOIMENTO DE DOTADOPRACASAL APÓS A GATACASADAQUERVER TEM SE EXIBIDO PARA ELE NO SKYPE.


Essa gatacasadaquerver é muito gostosa, uma delícia, safada......
Adorei gozar pra você, meu kct jorrou porra longe....





Valeu corno por compartilhar essa gostosa conosco....que dia vamos repetir?

Vídeo 4

Marido da gatacasadaquerver com a cheiadetesão26

video

Vídeo 3

Marido da gatacasadaquerver com a cheiadetesão26

video

Vídeo 2

Marido da gatacasadaquerver com a cheiadetesão26


video

Vídeo 1

Marido da gatacasadaquerver com a cheiadetesão26


video


quarta-feira, 14 de agosto de 2013

terça-feira, 13 de agosto de 2013

HOJE COM AMIGO DE JUIZ DE FORA




delicia ter gozado vendo vc se exibindo cheia de tesão pra mim... experiencia essa que quero muito repetir em breve ... é só me chamar... sem falar nessa voz rouca cheia de tesão e toda safada ... Gatacasada ... vc é deliciosa ... me fez gozar por todo meu quarto ... vc viu no videop como minha coxa ficou toda esporrada ,mas isso não foi nada perto do que vc me fez jorrar pelo chão aqui ... pena q vc não viu




adorei e quero mais ... o quanto vcs quiserem .. é só chamar q eu gozo safado bem gostoso pra vc delicia

parabéns marido da gata ... sua esposa é um tesão q dá muito tesão. quero MAIS!


segunda-feira, 12 de agosto de 2013

FANTASIA DO SOROCABOM COM A MINHA MULHER.
(pedido por ele para postar com as fotos feitas por ele)




Estava andando pela Av. São Paulo em Sorocaba de repente parou um carro perto de mim.
Era uma gostosa de aproximadamente 38 a 40 anos.
Fiquei extasiado sem saber o que fazer. Ela queria informações sobre apartamentos de aluguel.
Disse pra ela que conhecia alguns apartamentos mas eram um pouco afastados dali.
Então ela pediu pra que eu entrasse no carro e mostrasse pra ela o local.
Topei na hora, afinal era um tesão de mulher. Fui indicando pra ela uma estrada meio deserta. Ela estava um pouco desconfiada, mas continuou me obedecendo.
Ali perto tinha um matagal, pedi pra ela pararo carro porque eu estava louco para ir ao banheiro, ela também desceu do carro para meu espanto.
Tirei o pau da calça e fingi estar mijando.
Ela veio por trás e agarrou meu cacete dizendo que já tinha percebido minhas intenções. Ela abocanhou a cabeça do cacete e começou uma chupeta desenfreada. Meu cacete estava duro como pedra ela engolia-o inteirinho até a garganta e babava como louca. Escutei um barulho no mato.
De repente aparecem dois caras, eram pedreiros que estavam trabalhando por perto e viram aquela cena.
A  gostosa nem deu bola e continuou a chupança.
Um veio por trás com o cacete enorme e levantou a saia dela com puxão deixou a calcinha de lado e cuspiu no pau, ela virou pra trás e começou a chupar aquele enorme cacete.
O outro já também tirou a ferramenta pra fora e veio em sua direção.
Ela chupava ora um ora o outro. Eu fiquei apreciando aquela cena. Ela virou a mão e agarrou meu cacete e direcionou na sua buceta melada.
Eu soquei de uma vez só, ela gemeu: AIIêeee! Tesão!
Meu saco batia na sua buceta e ela rebolava como nunca, enquanto mamava os dois pedreiros.
Um pedreiro deitou na grama e pediu pra ela sentar no seu pau. Ela sentou na hora. Estava pingando de tesão ela fazia o pau do pedreiro sumir na sua buceta.
O outro pedreiro me afastou de trás dela e caprichou numa cuspida no pau e no cuzinho dela.
Ela empinou a bunda mais ainda e o pedreiro encostou a cabeça do pau no seu rabinho e foi empurrando aquela jeba adentro do seu traseirão. Eu levei meu pau pra ela chupar e ela abocanhou com tudo e gemia como louca.
Não aguentei e jorrei um jato de porra quente dentro da sua boca. Ela engasgou um pouco mas engoliu tudo. O pedreiro que estava na buceta também encheu-a de porra.
Aí ficou o outro que a enrabava. Ela rebolava como louca. O pedreiro tirou o cacete e jorrou na sua bundona. Ela rapidamente virou e sorveu o resto de porra que continuava  a sair do cacete do pedreiro.
Depois começamos de novo eu no cuzinho e os outros dois na buceta. A mulher era uma vaca.
Gozamos de novo encharcando os seus buracos de porra.




sexta-feira, 9 de agosto de 2013