sábado, 17 de agosto de 2013

Nua pela primeira vez na net
(nada melhor para essas fotos do que colocar um texto de um amigo sobre sua fantasia com minha mulher)

Vocês estariam em casa sozinhos à noite, no inicio da madrugada eu e mais um comparsa invadiríamos sua casa silenciosamente.
Entramos pela porta da sala e enquanto vasculhávamos a casa ouvimos gemidos vindos do quarto.
Fomos lentamente até ele... a porta está encostada, uma luz leve ilumina apenas o corpo dela que se encontra sentada sobre o seu arrancando gemidos e urros.
Invadimos lentamente seu quarto e logo você percebe a invasão...
Joga ela de lado pra proteger e se levanta no ímpeto pra tomar conta da situação quando leva um soco na cara e cai de lado.
Ela grita desesperada. O meu cacete fica duro de imediato com a situação...
Pegamos uma cadeira e nós 2 amarramos você a ela ainda nu.
Colocamos uma fita na boca pra não gritar...
E a jogamos na cama que se debate na inútil intenção de impedir o que iria acontecer e logo ela recebe um tapa na cara com a ordem de ficar quietinha.
Forçamos as pernas dela para abrir e ver como o corno deixou sua buceta...
Ela chora sem parar sabendo do que vai acontecer...
Meu comparsa afoito vai primeiro e deita sobre ela e mete de uma só vez fazendo a cachorra gritar...
Ele fode com vontade, a chama de puta e vadia, manda o corno olhar pra ele e ver como deve se tratar uma puta enquanto o corpo dele se choca com vontade contra o dela.
Ela continua a gritar e gemer de dor desesperada...
Pra calar sua boca coloco meu cacete nela e mando a puta chupar...
Ela continua a chorar sem nada fazer, logo recebe outro tapa na cara e mais uma ordem pra chupar meu cacete.
Começa tímida, chupando apenas a cabeça, recebe outro tapa e chamando de puta e vagabunda mando ela chupar direito.
Ela começa a fazer direito, engolindo e lambendo a cabeça do meu pau...
Seguro pelos cabelos e forço meu cacete até a garganta dela, ela engasga, tiro e vejo como ela deixou ele babado enquanto o comparsa continua a fuder ela com força.
Mando ele parar e colocar a puta de 4, ela muda de posição ainda com lágrimas no rosto
mas agora mais calma.
Ele ajeita o pau na buceta dela e volta a meter.
Sento na cama e coloco a puta pra me chupar de novo...
Ela agora já se comporta como uma vadia no cio, chupando o cacete com vontade, subindo e descendo, engolindo ele todo, babando até o meu saco.
Faço o amigo parar e pegar vc e colocar de joelhos junto a cama no chão pra ver de pertinho a puta da sua mulher levando rola.
Faço o colega sentar na cama e mando ela chupar ele até ele gozar... e engolir tudo o leite.
Olho seu cacete e vejo ele duro e falo pra sua puta que o corno esta adorando ver a putinha dele levando rola de dois machos.
Ela agora está de 4. Abro o rabo dela e chupo o cuzinho, a safada já esta tomada pelo tesão
e geme, rebola na minha língua enquanto chupa o cacete do colega.
Cuspo no cu dela e meto um dedo, logo coloco outro e ouço um gemido dela. Coloco mais outro e sinto ele apertar... dou um tapa no rabo dela e mando ela relaxar.
Subo na cama e direciono o cacete no cu dela, cuspo nele e começo a meter.
Ela geme e eu sinto a cabeça abrir o caminho.
Ela para e olha pra mim e leva outro tapa na cara.
Eu mando ela voltar a chupar o cacete, meu amigo segura ela pelos cabelos e faz ela engolir o pau dele.
Apoiado no quadril dela meto o cacete de uma só vez, ela da um grito e sinto o cu apertar meu pau querendo partir ele ao meio.
Começo a meter e tirar devagar, ela vai gemendo e em pouco tempo está rebolando no meu pau.
Olho pra você e falo pra ver como é puta sua mulher, está fudendo com dois e se deliciando.
Mete com vontade no cu dela... fazendo ela gemer cada vez mais alto.
Quando sinto o corpo dela começar a amolecer paro e mando ela sentar no cacete do amigo.
Ela encaixa a buceta toda melada no pau dele que desliza sem dificuldades.
Deito ela e meto de novo no cu dela.
Ela agora grita, se debate, pede pra parar, mas é tarde, vou mostrar ao corno o quanto puta e vadia é a esposa dele.
Começamos a meter nela que grita o tempo todo mandando parar dizendo que vamos rasgar ela no meio...
E continuamos a meter até a vadia começar a se acostumar e gemer de prazer sentindo seu corpo ser tomando por um gozo sem tamanho e fazendo amolecer de imediato.
Falo algo pro meu colega e paramos de meter nela...
Deitamos ela na cama e paramos em sua frente que ainda se encontra de joelhos no chão.
Batemos uma até gozar te chamando de corno manso, chifrudo, vagabundo, fazendo o leite espalhar pelo quarto...
Depois pegamos a putinha, amarramos ela e saímos com tudo de valor que vocês tinham, inclusive o prazer dela.



5 comentários:

  1. Adorei o blog!! Adoraria conversar com vc pelo skype. Me add delicia
    eduzlot

    ResponderExcluir
  2. Maravilhosa essa Mulher.. Que espetaculo ela bem safadinha na cam, gozando bem gostoso essa bucetinha molhadinha.. humm q Tesao !

    ResponderExcluir
  3. Apaixonei-me!!!!!!! Www.orimbezerra.02@gmail.com

    ResponderExcluir